Cidades em bandeira preta não poderão ter aulas presenciais
20 fevereiro 2021 - 09h03
Visualizações: 173

As aulas em escolas públicas, privadas e no Ensino Superior ficarão suspensas nas 11 regiões em bandeira preta no Estado a partir da próxima terça-feira (23), segundo a regra do distanciamento controlado devido à pandemia de coronavírus. A recomendação do governo gaúcho, no entanto, é de que a suspensão já ocorra na segunda-feira (22), quando muitas escolas estariam retornando às aulas.

— Recomendamos que as escolas já efetuem esta suspensão na segunda. Amanhã (20), no decreto, vamos dispor sobre isso formalmente — afirmou o governador Eduardo Leite, durante a live de atualização da situação da pandemia de coronavírus no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (19).

Logo depois da divulgação de 11 regiões em bandeira preta no Estado, incluindo a região de Porto Alegre, a secretária municipal Janaina Audino (Educação) divulgou nota informando a suspensão do retorno das aulas em Porto Alegre, previsto para a próxima segunda-feira (22). E sem data para recomeçar de forma online ou presencial.

No texto, ela diz que "em virtude da decisão do comitê de gestão de crise do governo do Estado, que definiu pela bandeira preta na região de Porto Alegre, a reabertura das escolas, prevista para a próxima segunda feira, 22 de fevereiro, fica suspensa. Entendemos que o momento requer prudência".

De acordo com o governador, nas regiões de bandeira vermelha, o calendário previsto de volta às aulas será mantido.

— Continuamos defendendo a possibilidade de retorno às aulas nas regiões de bandeira vermelha. Exatamente por isso, fizemos a territorialização da disseminação do vírus e da situação dos hospitais. Entendemos que, pelo nível de essencialidade da educação, nas regiões de bandeira vermelha as aulas serão retomadas. Nas regiões de bandeira preta, em vista ao maior agravamento, estamos recomendando a suspensão das aulas — explicou Leite.

Segundo a Secretaria Estadual da Educação, nas regiões de bandeira preta as aulas nas escolas estaduais poderão ocorrer somente no modelo remoto.

Fonte:

GZH

veja também
Governador suspende sistema de cogestão e decreta bandeira preta em todo o RS por uma semana
Passo Fundo receberá mais 3.340 doses das vacinas contra a Covid-19
publicidade