Em Ibiaçá emoção e gratidão na despedia do padre Edson Priamo
09 dezembro 2019 - 13h00
Visualizações: 298

No Santuário Nossa Senhora Consoladora, onde atuou como sacerdote por 14 anos, padre Edson José Priamo (61), recebeu a gratidão e o adeus dos ibiaçaenses que estão enlutados pela sua morte ocorrida neste domingo (08/12).
A celebração aconteceu às 8h30 da manhã de hoje (09) e reuniu a comunidade, amigos, familiares, sacerdotes, lideranças comunitárias, sindicais e políticas. O bispo emérito da Diocese de Vacaria, Dom Orlando Dotti, disse que padre Edson foi um profeta, um apóstolo, um sacerdote que celebrava a vida do povo, dedicado ao Reino de Deus. "Uma voz profética na boca daqueles que não sabiam falar", afirmou.

O bispo da Diocese de Vacaria, Silvio Guterres Dutra, destacou a dedicação do padre Edson especialmente na motivação das Romarias de Nossa Senhora Consoladora. O pároco do Santuário, padre Edio Brezolin agradeceu a população pelas orações e apoio aos familiares.

Padre Edson viveu em defesa dos pobres e mais oprimidos. Se ele pudesse nos dizer algo agora, certamente diria: "Vamos em frente! A luta continua irmãos e temos muito trabalho pela frente", disse a líder sindical de Sananduva, Vera Fracasso.

Ao fazer uso da palavra, no final da celebração, o prefeito de Ibiaçá, Claudiomiro Fracasso, lembrou os princípios deixados pelo Padre Edson. "Ele sempre nos dizia para sermos sementes de bem. Ficamos com seus ensinamentos e vamos continuar fazendo a nossa parte. Obrigado por tudo o que fez por Ibiaçá", enfatizou o prefeito.
Um dos irmãos do padre Edson leu uma mensagem, que, segundo ele, foram palavras deixadas por Edson: "Foram anos de dedicação e entrega ao sacerdócio. Eu nunca me ausentarei, meu corpo se tornará pó mas meu amor sempre estará presente. Minha missão aqui está cumprida", dizia parte da mensagem que deixou evidente a gratidão do sacerdote e dos familiares para com a comunidade ibiaçanse.

Após a missa, o corpo de padre Edson foi transladado para o município de São José do Ouro onde, ainda hoje às 16 horas, haverá celebração e logo após sepultamento.

Luto oficial

O prefeito de Ibiaçá, Claudiomiro Fracasso, decretou luto oficial por três dias no município. Hoje não haverá expediente nas repartições públicas de Ibiaçá.



Redação: Fonte Agência de Jornalismo

veja também
Rio Grande do Sul registra 76 casos de sarampo em 2019
Acidente no centro de Tapejara envolve quatro veículos
publicidade