Operação ‘Mão na Graxa’ desarticula quadrilha que aplicava golpes em produtores em Ernestina
05 agosto 2020 - 14h35
Visualizações: 171

A Delegacia de Polícia de Ernestina desarticulou, nesta quarta-feira, 05, a operação ‘Mão na Graxa’, para desarticular uma quadrilha que aplicava golpes em produtores rurais e empresas vinculadas ao agronegócio.

A operação foi coordenada pela delegada Rafaela Bier e pelo inspetor Rafael Amaro. A ação era investigada há cerca de 4 meses, período no qual foram presos dois indivíduos e recuperados diversos insumos agrícolas.

O comando da organização criminosa era feito do interior do sistema prisional, de onde, com o uso de celulares, os autores articulavam toda uma cadeia de crimes de estelionato. Todo o golpe se dava através de supostas compras de matéria prima, direto do produtor rural, que, para suposta emissão de nota fiscal, fornecia aos golpistas foto de documentos pessoais e do bloco de produtor rural.

De posse de tais documentos, os criminosos adquiriam fertilizantes, defensivos agrícolas, ferramentas de alto custo, combustíveis, toneladas de aveia, alfafa e calcário. A quadrilha agia em todo o Estado do Rio Grande do Sul e, segundo a Polícia Civil, estava expandindo a atuação para o Estado de São Paulo, lesando as vítimas em mais de cem mil reais.

A operação policial envolveu mais de 30 policiais e contou com o apoio de delegacias de Passo Fundo; 1º DP, 2ª DP, Delegacia de Homicídios, Delegacia da Criança e DRACO.

veja também
PATRAM e IBAMA localizam desmatamento em Lagoa Vermelha
Primeiro casamento drive-in do Estado é realizado em Lagoa Vermelha
publicidade