Sem a presença de fiéis, Santuário de Ibiaçá inicia preparação para 69ª Romaria
29 junho 2020 - 11h35
Visualizações: 184

A 69ª Romaria de Ibiaçá, que acontece em fevereiro do ano que vem, teve seu ponto de partida neste domingo, às 14h30min. Como tradicionalmente acontece, a primeira celebração da novena mensal foi realizada no Santuário e marca o início de uma trajetória de preparação até os momentos principais do evento religioso, em 2021.

A missa não teve público. No interior do Santuário, somente o padre, Pe Édio Bresolin, e uma reduzida equipe de liturgia. Em quase sete décadas desde a primeira edição, pela primeira vez o santuário não foi aberto à presença de fiéis para uma celebração da Romaria de Nossa Senhora Consoladora.

A decisão de manter as portas fechadas, como forma de evitar a disseminação do Coronavírus, é uma medida ainda mais rígida do que as impostas pelos decretos estaduais e municipais. Com o município ainda em classificação de bandeira laranja no Sistema de Distanciamento Controlado – já que a nova classificação só passa a valer a partir desta segunda-feira (29) e somente se o Estado rejeitar os recursos interpostos pelos gestores – as atividades religiosas poderiam acontecer com um público de até 25% da capacidade do local.

Em entrevista concedida na última semana, o reitor do Santuário, Pe Édio Bresolin, explicou que a decisão foi tomada para que não fosse preciso proibir a entrada de fiéis a partir do momento em que a lotação atingisse a máxima permitida. A celebração foi transmitida pela página oficial da Rádio Cristalina FM no Facebook.

Na homilia, o sacerdote voltou a destacar a impossibilidade de manter abertas as portas do Santuário. “Estamos nesse tempo diferente do normal. Estamos celebrando aqui no Santuário, ligados a você em casa, com a sua família, mas com as portas fechadas. A circunstância nos pede isso. E nós devemos seguir as normas porque optamos pela vida. E é isso que Deus quer da gente, que a gente viva intensamente. E o momento é de cuidado. Nós queremos pedir escusas aos nossos romeiros, que sempre se fazem presente em todas as celebrações, em todas as novenas. Mas hoje estão nos acompanhando em casa. O mesmo carinho, o mesmo amor, a mesma gratidão por vocês. E que a Mae consoladora possa fortalecer ainda mais esse vínculo, de você, de sua família, com ela e com o santuário”.

Assim como nos anos anteriores, o tema central da próxima romaria foi definido ainda no mês de maio, menos de três meses após o encerramento do evento deste ano: Consoladora, mãe que caminha com seu povo. “Uma mãe que nunca abandona seus filhos, principalmente os que sofrem. Que ela continue olhando para seus filhos, fortalecendo a nossa caminhada. Consoladora, mãe que caminha com seu povo. Esse é o grande tema dessa romaria. E ela caminha sempre, sempre está presente e junto de nós. Momentos bons que podemos tirar desse tempo de pandemia. Relato de famílias que voltaram a se encontrar, a fazer refeições juntas. Que voltaram a sentar juntas. O sistema, o mundo, a situação tomou isso de nós. E agora algo invisível nos devolve isso de novo”.

A 69ª Romaria de Ibiaçá acontece nos dias 27 e 28 de fevereiro do ano que vem.

Fonte: Rádio Tapejara

veja também
Ibiaçá registra primeiro óbito por Covid 19
Santa Cecília do Sul tem novo caso confirmado de coronavírus
publicidade