Coprel deverá contar com 100% de postes de concreto em até cinco anos
27 fevereiro 2020 - 16h58
Visualizações: 27

Os investimentos da cooperativa superam R$ 12 milhões

Mãos calejadas, suor, muito trabalho e esforço. Sem as tecnologias existentes hoje para o trabalho de construção de redes, os postes de madeira iam sendo, um a um, fixados ao solo.

Há 52 anos, a paisagem modificada pelas redes de energia anunciava a esperança de uma vida melhor para as famílias rurais. Chegava a energia elétrica.

No início da trajetória de trabalho dos coprelianos, a cooperativa adquiriu postes de madeira, estes recebiam os tratamentos necessários para aumentar a durabilidade e resistência na antiga fábrica de postes da Coprel. Há vários anos, a cooperativa começou a utilizar nas novas redes somente postes de concreto, e a substituir os antigos postes de madeira.

Antigamente, para instalar um poste de madeira era necessário, em média, meio dia de trabalho. Os buracos eram feitos com uma cavadeira manual e a terra era retirada com pás. Os postes eram levantados com forquilhas, e colocados dentro do buraco com uma tábua que os deslocava para baixo. Para chegar até o local das obras, os postes eram levados por juntas de bois, e em outros casos, tratores. Todo este trabalho era feito a partir do empenho e cooperação de muitas pessoas em prol da eletrificação rural.
Atualmente, com a tecnologia, o trabalho é muito mais ágil e seguro. Cada poste de concreto é instalado, em média, em uma hora e meia. A perfuração do buraco é feita com brocas, a partir do caminhão Munk, destinado para este e outros serviços. Com o guindaste, o poste é inserido no local. As pessoas continuam sendo necessárias, desta vez, para operar as máquinas e para execução de alguns serviços manuais.

A cooperativa conta com 95% de postes de concreto, de um total de 181 mil. Somente no ano de 2019, a Coprel substituiu 3.265 postes em toda a área de atuação. A substituição total deverá ser concluída em até cinco anos.

Os investimentos da cooperativa em troca de postes, medidores e transformadores no último ano, superam R$ 12 milhões.

Fonte: Assessoria de Imprensa Coprel

veja também
Governo do RS fecha comércio em todo Estado até 15 de abril
Justiça Federal dá prazo de três dias para fundo eleitoral ser usado contra o coronavírus
publicidade