“O crime foi muito bem planejado”, diz delegado sobre ação que resultou na morte de jovem
07 fevereiro 2020 - 09h30
Visualizações: 3781

O delegado Diogo Ferreira, da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Passo Fundo, divulgou informações sobre a investigação da morte de Pablo Scariot, de 27 anos.

O jovem foi encontrado morto na última terça-feira (4), na BR-153, Rodovia Transbrasiliana, em Passo Fundo.
Nesta quinta-feira (6), o veículo da vítima foi encontrado em Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre.
A polícia trabalha para ligar os pontos.

Com as informações que surgiram, os policiais trabalham com a hipótese de que o roubo tenha sido ‘encomendado’ para um veículo específico, no caso uma Toyota Hilux.

A negociação seria um pretexto para atrair a vítima. “O crime foi muito bem planejado. Eles evitaram passar em ruas que têm câmeras de segurança e, quando passaram, ficaram bem posicionados, aproveitando alguns pontos cegos”, revelou o delegado.

Diogo Ferreira acredita que os criminosos tenha estudado a cidade, os trajetos, que tenha feito um levantamento detalhado. “São experientes”, resumiu.
Como o veículo foi encontrado em Cachoeirinha, a polícia trabalha com a hipótese de que os indivíduos sejam da região metropolitana, e não de Passo Fundo.

A polícia busca encontrar uma motocicleta CBR 1000 RR, também de propriedade da vítima e que estava na caçamba da Hilux.

O veículo seria utilizado para ele voltar para Ibiaçá, onde morava com a família, após a concretização do negócio em Passo Fundo.

Aos familiares, o jovem disse que estaria em Passo Fundo para negociar a Hilux, no dia em ocorreu o crime.

Ele anunciou o carro em grupos de Facebook na semana passada.

veja também
Polícia divulgou o roteiro do crime de Pablo Scariot
Dois dos três autores de latrocínio do jovem Pablo Scariot são presos em Passo Fundo
publicidade