Policiais Civis paralisam serviços nesta quarta e quinta-feira em todo o Estado
12 novembro 2019 - 11h32
Visualizações: 30

Nos dias 13 e 14 de novembro, os Policiais Civis gaúchos paralisarão suas atividades.
Durante a paralisação os policiais pretendem conversar com a população, mostrando como o pacote de medidas proposto pelo governo do Estado poderá impactar a segurança pública gaúcha. Os Policiais Civis deverão convocarão uma Assembleia Geral para discussão de indicativo de greve.

No dia 14 será realizado um ato conjunto com todas as categorias do serviço público gaúcho em repúdio as medidas propostas pelo governo. A paralisação começará às 8 horas desta quarta-feira, 13 e se estenderá até as 18 horas de quinta-feira.

Os policiais foram orientados pelo sindicato a comparecer aos locais de trabalho e se concentrar em frente as delegacias para dialogar e explicar à sociedade sobre os motivos do movimento. A orientação é para que não haja circulação de viaturas. Todas devem permanecer paradas no órgão a que pertencem.

No plantão da Delegacia de Polícia de Tapejara, como a exemplo de todo o estado, deverão ser atendidas somente ocorrências policiais de Maria da Penha com pedido de medidas protetivas, ocorrências onde as vítimas sejam crianças, homicídios, estupros, prisões e furto/roubo de veículos. Casos de prisão em flagrante deverão ser iniciados somente após análise criteriosa da autoridade policial.

Quanto as investigações não deverão ser procedidas diligências externas como intimações, buscas e levantamento de locais.

Em Porto Alegre os policiais farão na quarta-feira uma concentração em frente ao Palácio da Polícia durante todo o dia. Já no dia 14 de novembro, a concentração ocorre em frente ao Palácio Piratini, às 13h30min onde haverá um ato unificado dos servidores públicos.

Fonte:Uirapuru

veja também
CAIXA LIBERA VALOR COMPLEMENTAR DO SAQUE IMEDIATO A PARTIR DE 20 DE DEZEMBRO
Transito - Acidente deixa 05 mortos em SC
publicidade