Rio Grande do Sul tem 15 casos de sarampo confirmados
14 outubro 2019 - 10h08
Visualizações: 170

Dois novos casos de sarampo foram confirmados nesta semana pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), totalizando 15 diagnósticos da doença no Rio Grande do Sul em 2019. Os novos casos foram registrados em Ijuí, no noroeste do Estado, e em Gravataí, na Região Metropolitana.

Segundo informações da Secretaria Estadual da Saúde, o morador de Ijuí havia viajado ao Paraguai e a mulher de Gravataí é mãe de um bebê que já havia tido a doença confirmada na semana passada. Do total de casos confirmados no Rio Grande do Sul, a maioria é residente em Porto Alegre, com oito diagnósticos. Houve registros também em Cachoeirinha e Dois Irmãos, além de Ijuí e Gravataí.

Atualmente, há 32 casos suspeitos de contaminação por sarampo sendo investigados no Estado. Em todo o Brasil, já são 5,4 mil casos registrados este ano, mais de 95% no Estado de São Paulo.

Como a vacina é o método mais eficaz de prevenir a doença, uma campanha nacional de atualização das vacinas para crianças de seis meses até cinco anos de idade começou esta semana e segue até o dia 25 de outubro. No sábado da próxima semana, dia 19, ocorrerá o Dia D de vacinação contra o sarampo, com a abertura extraordinária dos postos de saúde. A recomendação da Secretaria Estadual de Saúde é para que os cidadãos busquem informações em suas cidades sobre a disponibilidade de vacinas.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Qualquer indivíduo que apresentar febre e manchas no corpo acompanhadas de tosse, coriza ou conjuntivite deve procurar os serviços de saúde, principalmente aqueles que estiveram nos 30 dias anteriores em viagem a locais com circulação do vírus. Casos suspeitos devem ser informados imediatamente às Secretarias Municipais de Saúde ou para o Disque Vigilância, pelo telefone 150.



Situação epidemiológica do sarampo no RS

Casos notificados: 381

Casos descartados: 334 (87,7%)

Casos confirmados: 15 (3,9%)

Em investigação: 32 (8,4%)
Casos por faixa etária

Menor de 1 ano: 3 casos (20%)

Entre 15 e 19 anos: 5 casos (33,3%)

Entre 20 e 29 anos: 4 casos (26,6%)

Entre 30 e 39 anos: 2 casos (13,3%)

Maior de 50 anos: 1 caso (6,6%)



Casos por município de residência

Porto Alegre: 8 casos

Gravataí: 3 casos

Cachoeirinha: 2 casos

Dois Irmãos: 1 caso

Ijuí: 1 caso

Fonte: GaúchZH

veja também
Reforma da Previdência será promulgada e passa a valer a partir de hoje
Policiais Civis paralisam serviços nesta quarta e quinta-feira em todo o Estado
publicidade