“A mulher, por si só, já tem garantias de sucesso em tudo que faz”, afirma palestrante
14 outubro 2019 - 08h15
Visualizações: 173

Mais uma atividade de sucesso no Outubro Rosa em Ibiaçá. Na tarde de quinta-feira (10) no Salão Nobre os ibiaçaenses, em sua grande maioria mulheres, puderem acompanhar e participar da palestra do enfermeiro e professor universitário, Samuel Romero, que falou sobre a ‘Integralidade dos tempos modernos’.
Em mais de uma hora, Romero falou sobre a prevenção e promoção da saúde das pessoas em um contexto integralizado, em que as pessoas possam se olhar por meio de mecanismos produtores de saúde e não de doença. “As pessoas precisam se olhar a partir da completude do seu viver e do vivenciar experiências e, neste ínterim, produzir o que mais lhes faz bem, que é a saúde. Saúde em todos os âmbitos e de maneira holística”, destacou.
Ainda conforme o professor, a existência humana faz com que olhemos com mais ênfase para tudo que produzimos todos os dias. “Todos os momentos que olharmos para nossas famílias, estaremos adentrando em espaços produtores de saúde. No Outubro Rosa, em particular, olhamos para as mulheres não apenas como seres reprodutivos, mas mulher como ser social, que produz vida e força e que devem ser olhadas, tratadas e cuidadas com muito carinho e integralidade”, enfatizou o professor Romero ao complementar que ao nos aprofundarmos no universo feminino, entenderemos que a mulher fará buscas diferenciadas e, por isso só, já tem garantias de sucesso em tudo que faz.
Durante a tarde, o público também recebeu informações e participou de dinâmicas com a nutricionista Graziela Marques da UBS. A nutricionista falou da importância da alimentação saudável e tudo que a envolve: seres humanos, alimentos naturais e processados, dietas, profissionais... Para iniciar, falou dos vários tipos de comedores. “O primeiro comedor é o profissional em dieta, que é aquela pessoa que já fez várias dietas e está sempre buscando uma nova opção porque considera que a dieta anterior não deu certo. Há também o comedor desatento, que é aquele indivíduo que não está prestando atenção na ingestão dos alimentos e fazendo várias coisas ao mesmo tempo, deixando a alimentação em segundo plano. E, para finalizar, temos o comedor intuitivo, que também podemos chamar de comedor gentil, que é aquela pessoa que respeita os sinais de fome, de saciedade e não se culpa pelo que come”, informou Grazieli.
Após as palestras, como forma de confraternização, todos os participantes ganharam uma garrafinha de suco e barras de cereal.
As palestras, orientações e o lanche da tarde foi uma promoção da Secretaria da Saúde e Meio Ambiente e do governo de Ibiaçá.

Redação: Fonte Agência de Jornalismo

veja também
Reforma da Previdência será promulgada e passa a valer a partir de hoje
Policiais Civis paralisam serviços nesta quarta e quinta-feira em todo o Estado
publicidade