Queimadas no Brasil atingem pior índice em sete anos e viram assunto mais comentado
22 agosto 2019 - 10h19
Visualizações: 30

Nos últimos dias, florestas e matas foram tomadas por chamas em diversos Estados. Focos de incêndio florestal cresceram 84% com relação ao ano passado

Florestas e matas foram tomadas por chamas em Estados como Amazonas, Tocantins, Mato Grosso, Maranhão e Rondônia. Os olhos dos brasileiros se voltaram ainda mais para essa questão depois de São Paulo ver o dia virar noite no último dia 19, quando o céu paulistano foi tomado por uma espessa fumaça.
Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de focos de incêndio florestal aumentou 84% no período de janeiro de 2019 a agosto de 2019 (até o dia 21 de agosto) em relação aos mesmos meses de 2018. No ano passado, nos primeiros oito meses do ano, foram registrados 40.136 focos de queimadas no Brasil contra 74.155 neste ano.

É o maior índice desde 2013 — quando passaram a ser informados dados de período similar. Também conforme dados do Inpe, os Estados mais afetados com as queimadas em 2019 foram: Mato Grosso (13.999 focos de queimadas), Amazonas (7.150) , Tocantins (5.776), Rondônia (5.604) e Maranhão (4.795).

Fonte Gaúcha ZH

veja também
Acidente deixa quatro jovens feridos no interior de Ibiaçá
Ônibus lotado de passageiros fica a beira de penhasco, em Maximiliano de Almeida
publicidade