Ibiáça adere a greve nacional nesta quarta-feira
15 maio 2019 - 11h27
Visualizações: 735

Nesta quarta-feira, dia 15, acontece o dia nacional de paralisação contra a Reforma da Previdência, e também contra os cortes de recursos em educação.
Em Ibiaça, a Escola Adelaide Picolotto aderiu a mobilização e realizou passeata nas principais ruas da cidade com cartazes pedindo, reforma da previdência mais justa, reajuste salarial além de melhores condições de trabalho e mais investimentos na educação. A ação reúne trabalhadores, direção, alunos, e representantes do CPERS.
A União Nacional dos Estudantes (UNE) afirmou, em nota oficial, que “em conjunto com diversos movimentos educacionais, convocou o dia 15 de Maio como o Dia Nacional em Defesa da Educação. Segundo a nota as manifestações são contrárias ao bloqueio de recursos de cerca de 30% do orçamento de despesas para custeio das universidades e institutos federais anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) e contra a reforma da previdência que irá prejudicar os menos favorecidos. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), greves e atos foram convocados para todos os estados do Brasil.

veja também
Brasil tem 24.512 mortes causadas pelo novo coronavírus, aponta balanço do Ministério da Saúde
Homem morre após cair dentro de um silo em Vacaria
publicidade