Tapejara tem dois casos suspeitos de Dengue
12 abril 2019 - 10h32
Visualizações: 40

A Vigilância Ambiental em Saúde de Tapejara confirmou ontem à noite à reportagem da Rádio Tapejara que dois casos suspeitos de Dengue foram notificados nesta semana no município.
Com a notificação várias ações foram programadas, seguindo o protocolo do Ministério da Saúde.

Nos locais próximos das casas com pessoas que apresentaram sintomas da Dengue e com suspeita de terem contraído a doença, foram feitas várias ações das agentes de endemias com eliminação de focos e coletas de larvas. Estas larvas foram encaminhadas ao laboratório credenciado em Passo Fundo que confirmou serem do aedes aegypti.

A partir da confirmação, segundo Amanda, as duas regiões da cidade (o centro e o bairro São Paulo) onde estes pacientes residem, receberam na manhã desta sexta-feira a aplicação do fumacê.

Segundo ela a aplicação do produto faz parte do bloqueio de transmissão viral, preconizado pelo Ministério da Saúde.

A Coordenadora ressalta que os casos ainda são considerados suspeitos, pois o resultado das amostras de sangue destes dois pacientes, que foram enviadas ao LACEN em Porto Alegre, ainda não chegaram, devendo confirmar ou descartar a doença em aproximadamente 10 dias.

Mesmo com a chegada das temperaturas amenas a população está sendo orientada a aplicar repelente e eliminar a água parada em suas casas.

Tapejara possui uma lei, aprovada pelo Legislativo, que ampara a aplicação de notificação para casos reincidentes. Nestes casos onde após a notificação e o foco não é combatido, os proprietários das residências poderão ser multados. “Nosso objetivo não é multar e sim que a população entenda que é necessário eliminar os focos de larvas e possíveis potenciais de criadouros para que não tenhamos a doença em Tapejara”, finalizou Amanda.

O Rio Grande do Sul tem 121 casos confirmados de dengue em 2019. São 72 ocorrências autóctones – quando a doença é contraída no estado – e outras 49 importadas.

O número total de suspeitas da doença é de 614. Ao todo, 339 cidades registraram infestação do mosquito Aedes aegypt
Fonte: Radio tapejara

veja também
Enem 2019: Alunos que tiveram a isenção no Enem negada podem entrar com recurso
Número de mortes em atentados no Sri Lanka sobe para 310
publicidade